top of page

“E o seu cão, também faz birra quando fica sozinho em casa?”


Desconfiem quando um profissional escreve uma frase como esta sobre cães que ficam sozinhos e causam “problemas.”

Birra?????

Como é possível comparar um estado emocional de pânico a uma birra????

Numa criança, as birras são causadas por frustração, cansaço ou raiva. As crianças podem ter crises de birra para chamar a atenção, para conseguir ou evitar algo.

Num cão, a ansiedade de separação é uma condição debilitante que causa comportamentos perturbadores. O cão não está com raiva de si, ele não está a tentar chamar a atenção, basicamente é um ataque de pânico, que não consegue controlar.

Dois problemas ao comparar ansiedade de separação a uma “birra”:

  • autoriza as pessoas a pensarem que é algo ligeiro e que com firmeza, o assunto fica resolvido…mas não fica!

  • tem um tom acusatório ao fazer sentir culpa, ou seja, as pessoas não sabem resolver uma “birra”....

Leve sempre a sério quando o seu cão, por ficar só, ladra, uiva, destrói objetos, arranha a porta, vomita, etc.


Duas mentiras sobre ansiedade de separação:

  • o cão habitua-se

  • o cão fica furioso pelo humano sair de casa

“Ele qualquer dia habitua-se, deixa de ladrar e de estragar coisas…”

Os cães que sofrem de ansiedade por separação ao ficarem sós em casa:

- não se habituam

- não se acostumam a ficar sós

- não se tratam sozinhos

Infelizmente, tudo vai piorar, principalmente, ele!


“Ele fica tão furioso por eu sair de casa que destrói tudo o que apanha…e quando eu chego, faz aquele ar de culpado para me derreter…”

Ele destrói porque fica em pânico, num estado de ansiedade brutal.

Quando chega a casa, ele mostra o olhar de quem sabe que vai ser punido. Basta olhar para si, basta ouvir o seu tom de voz.

Agora imagine esta vida de "cão", fica em casa só e entra em pânico. Quando chega, ainda é punido e ele nem sabe porquê!!!!


Culpa e vingança são "qualidades" que abundam na nossa espécie, Homo Sapiens. Os cães desconhecem.


Um cão em ansiedade de separação sofre sempre que fica só! Existem outros tipos de problemas relacionados com a separação, neste artigo estou a referir a ansiedade por separação.

É realmente um transtorno de pânico e é difícil quer para os cães quer para os humanos.

Precisamos de compreensão e compaixão pelo estado emocional dos cães que sofrem com isso. Também precisamos de ter compaixão pelos humanos que sofrem com isto.


Exerça o seu espírito crítico e procure ajuda.

Seja o melhor guardião!


86 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page