top of page

Coronavírus e ser cão

Este distanciamento social que estou a viver tem me feito pensar em como será viver como um cão com as suas escolhas limitadas. Não pode urinar quando quer, não pode sair de casa quando quer, não pode correr sempre que lhe apetece, não pode caminhar livremente sem trela, etc, etc (estou a falar em termos gerais). Não é estranho vivermos sem liberdade até recebermos autorização?


Nunca vou saber como é ser cão, mas com esta experiência fico com um sabor amargo do que é não ter liberdade. Por sabermos isto talvez possamos pensar nos cães que temos em casa e estarmos receptivos a irmos mais além...

Cheiros novos e passeios tranquilos que são dedicados apenas a farejar. Dar-lhes coisas interessantes para mastigar? 🦴 Por exemplo, uma haste de veado, um nervo de boi ou um pedaço de cenoura. 🥕 Brincarmos com eles às escondidas pela casa ou escondermos a ração, como podem ver num vídeo que aqui pus no dia 17 deste mês. 🏀🏓

Damos a possibilidade de eles fazerem escolhas? Ele pode escolher o local onde gosta de dormir? 🛌 Diferentes locais que sejam interessantes para eles e convenientes para nós. Ele pode escolher o caminho por onde quer passear?🐾 À esquerda ou à direita, ele escolhe! Ele tem direito a recusar festas? Nem sempre estão disponíveis e têm de ser respeitados.

O nosso mundo está mais controlado. Vejo algumas semelhanças entre a forma como nos estamos a sentir e como os nossos cães se comportam sob o nosso controle. Também vê estas semelhanças?

Foto: Yoki e Meli escolheram estar juntos para aquela sesta



17 visualizações0 comentário
bottom of page