top of page

É legítimo, em brincadeira, arreliar um cão?...



“Ele adora animais, mas pensa que são todos iguais...então foi um pouco bruto a brincar com o meu cão e começou a esfregar lhe de forma mais bruta e rápida a cabeça...como por vezes os adultos fazem, esfregar as orelhas e a cabeça dos cães, para arrelia-los...o meu cão não deve ter curtido o que ele fez e rosnou...como ele continuou, atacou-lhe a sério a mão…”

Escreveu-me a minha cliente.

Quem foi o responsável pelo cão ter mordido?

Infelizmente esta cena repete-se em muitos lares. Fica-se com uma sensação estranha de que a pessoa não esteve bem, mas como o cão deveria ter consentido, quem costuma ser punido, é ele. Felizmente, neste caso, isso não se passou. A cuidadora tem conhecimentos e capacidade de criticar ideias comuns.

Algumas razões por que um cão pode rosnar quando alguém lhe dá festas:

- o toque está a magoar

- está a ser tocado numa área sensível do corpo

- não gosta de ser tocado por pessoas que não conhece

- está claramente a comunicar “já chega” ou “deixa-me em paz”

Este cão é PERFEITO, rosna ANTES de morder!

Rosnar foi um aviso de que algo não estava bem e como não foi corrigido, só lhe restava morder, o equivalente a berrar bem alto. Escusado será dizer que teria sido preferível que o cão não tivesse que morder para resolver um problema causado pelo humano.

Nesta história, aconteceu que a cuidadora, por respeito à visita, não foi assertiva o suficiente para que percebesse que o cão não estava a gostar.

Contudo, o cão não foi castigado e foi uma excelente aprendizagem para todos.

Fiquei muito contente por esta cuidadora ter percebido de imediato o que se tinha passado. Tem feito um trabalho extraordinário com o seu cão, procurando saber o melhor e pondo em prática.


Seja o melhor guardião!


59 visualizações0 comentário
bottom of page